Portugal e o Futuro Condicional

O burgo dá umas passadas em direcção ao futuro! Já não são só as notícias (por exemplo esta) que dão como certo o Ridley Scott a atacar o clássico Forever War de Joe Haldeman, um livrito onde os batalhões de soldados são mistos, soube hoje pela rádio que o Estado Português, essa grande Singularidade, determinou a presença da alguns elementos da população portuguesa feminina no Dia da Defesa Nacional…e que para o ano ou coisa assim, o convite passará a ter caracter de obrigatoriedade para todas as mulheres.

Quando eu era miúdo, aí pelos dez anos de idade, e ainda no rescaldo da guerra colonial, havia uns colegas que diziam que havia duas coisas más na vida das pessoas: para as raparigas era terem filhos, e para os rapazes era terem de ir à tropa. Os miúdos de hoje vão ter de passar a dizer outras bacoradas, pois claro. Os tempos mudam sempre.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s