Uma lista de livros, para o bem e para o mal

Gostamos todos de ler e fazer listas, para o bem e para o mal. Ultimamente, corre no Facebook mais um chamamento às armas para que cada um elabore uma lista dos seus dez livros mais importantes ou pelo menos dos que foram de algum modo mais significativos, mas para quem como eu lê em doses ligeiramente maiores que a média, a tarefa depressa se torna excruciante. Daí que eu tenha aproveitado para muscular o exercício, dotando-o de alguma história pessoal de leituras e sujeitando-me a algumas regras arbitrárias.

Optei por manter os títulos das edições que li, pelo que não se estranhe se diferirem dos originais ou de outras edições disponíveis. Todos os livros que aqui constam, foram alvo de várias leituras (poucos serão os exemplos de meras duas ou três, tendo sido a maioria objecto de cinco a dez, pelo menos) e ainda hoje quase todos são objecto de consulta ocasional. Para a lista final decidi escolher arbitrariamente de um a dois itens de cada uma das seis secções em que agrupei genericamente as obras lidas. Dentro dessas secções os itens, que cuidei de manter no mesmo rácio de dez, estão dispostos cronologicamente das mais antigas para as mais recentes leituras. Também evitei repetir autores dentro de cada secção apesar que bem o poderia ter feito em muitos casos. Como todas as votações, a coisa nunca corre a pleno contentamento, pelo que preferi deixar-vos aqui a listagem preliminar completa podendo deduzir-se a lista final pelos itens assinalados com cor diversa à do branco normal.

Como viagem no tempo, garanto-vos, foi um agradável exercício. O certo é que após os anos de formação, em que nos deleitamos a ler as mesmas obras vezes sem conta, deixamo-nos disso em prol de ler o máximo possível e a releitura torna-se algo raro. Dizem que quando a idade aperta, o hábito volta. Talvez, mas como dizia Santo Agostinho noutro despropósito: “Dai-me castidade e comedimento, mas ainda não senhor, ainda não”.

Em língua estrangeira

Lewis Carroll – Alice no País das Maravilhas
Robert Louis Stevenson – A Flecha negra
Walter Scott – Ivanhoe
Jules Verne – A Ilha Misteriosa
Agatha Christie – Morrer não é o fim
Jack Kerouac – Vagabundos da estrada
Franz Kafka – O Processo
Martin Amis – Money
Salman Rushdie – Os Filhos da Meia-Noite
Hunter S. Thompson – Fear and Loathing in Las Vegas

Em Português

José Mauro de Vasconcelos – Meu pé de Laranja Lima
Alexandre Herculano – Eurico, o Presbítero
Almeida Garrett – Viagens na Minha Terra
Eça de Queirós – Os Maias
João Aguiar – A voz dos deuses
Fernando Campos – O Homem da Máquina de Escrever
Pepetela – Mayombe
Baltasar Lopes – Chiquinho
Luís de Sttau Monteiro – As redacções da Guidinha
Maria Velho da Costa – Cravo

Ficção Científica e Fantasia

J.R.R. Tolkien – O Senhor dos Anéis
Robert A. Heinlein – Cidadão da Galáxia
E.E. doc Smith – Triplanetary
Clifford D. Simak – O tempo dos duendes
Robert Silverberg – Lord Valentine’s Castle
Ursula K. Le Guin – Flagelo dos Céus
Philip José Farmer – Mundo sem morte
Roger Zelazny – O Senhor da Luz
Philip K. Dick – Ubik
Joe Haldeman – Mindbridge

Contos

Oscar Wilde – O Fantasma dos Canterville
Edgar Allan Poe – Histórias Extraordinárias
James Gunn (ed.) – The Road to Science Fiction, vol.3
Ernest Hemingway – As Torrentes da Primavera, seguido de Um Gato à Chuva
João Barreiros – O Caçador de Brinquedos e outras histórias
Jorge Luis Borges – Ficções
Philip K. Dick – The Complete Short Stories
Leopoldo Lugones – Os Cavalos de Abdera
Alfred Bester – Virtual Unrealities
James Tiptree Jr. – Her smoke rose up forever

Poesia

Camões – Lírica
Manuel Alegre – O Canto e as Armas
Ary dos Santos – Obra Poética
Francisco Assis Pacheco – A musa irregular
Epopeia de Gilgamesh
T.S.Eliot – The Waste land
Philip Larkin – Janelas Altas
Emily Dickinson – The Essential Dickinson
José Régio – Poemas de Deus e do Diabo
Fernando Pessoa – Poesia de Álvaro de Campos

Outros

Jean-Paul Sartre – Os Sequestrados de Altona
Albert Camus – O Homem Revoltado
Alan Watts – Budismo Zen
Bruce Chatwin – The Songlines
Timothy White – Catch a Fire, The Life of Bob Marley
David Lodge – The Art of Fiction
Martin Amis – The Moronic Inferno
Samuel Noah Kramer – A História começa na Suméria
Tenessee Williams – Cat on a hot tin roof
Samuel R. Delaney – About writing

Anúncios

2 responses to “Uma lista de livros, para o bem e para o mal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s